O Bloco Filhos de Gandhy

23 de jan de 2008 · Postado por Evandro F.
Marcadores:

O afoxé Filhos de Gandhy fundado por estivadores portuários da cidade no dia 18 de fevereiro de 1949 tornou-se o maior e dito o mais belo Afoxé do Carnaval da Bahia em Salvador.

Constituído exclusivamente por homens e inspirado nos princípios de não violência e paz de Mahatma Gandhi o bloco traz a tradição da religião africana ritmada pelo agogô nos seus cânticos de ijexá na língua Iorubá. Utilizaram lençóis e toalhas brancos como fantasia, para simbolizar as vestes indianas.

Tornou-se o mais famoso e o maior dos Afoxés da Bahia, que conta com aproximadamente mais de 10.000 integrantes. Tradicionalmente a 'fantasia' contém, além do turbante e das vestimentas, um perfume de alfazema e colares azul e branco. Os colares já são conhecidos tradicionalmente por "colar dos filhos de Ghandy", que são oferecidos para os admiradores como forma de desejar-lhes paz durante o carnaval e ao longo do ano.

As cores dos colares é um referencial de paz e o afoxé enfoca Oxalá, que é o deus maior. O branco é de Oxalá menino, o Oxaguiam, e o azul de Ogum; as contas são amuletos da sorte. E cada um usa de acordo com a indumentária, da maneira que se achar elegante, não existe quantidade fixa de contas para cada colar, nem quantos colares se deve usar.

Os seus participantes também oferecem os seus colares para as mulheres em troca de beijos em muitos casos elas que chegam a insistir em dar o beijo em troca do colar Azul e Branco, tá aí uma otima suguestão para você que pretende passar o carnaval em salvador, sem duvida uma experiência única e inesquecível, participar deste bloco.

O Bloco Filhos de Gandhy

0 comentários

Related Posts with Thumbnails

Espalhe

:::: Lazer ::::

Referêcias