Chrysler 300 - O Carro do Ferraço

6 de mar de 2008 · Postado por Evandro F.
Marcadores:


O Cryseler 300C SRT8 é fabricado em Ontário, no Canadá vai na contramão da tendência mundial de diminuir os tamanhos dos motores e assim consumir menos combustível, reduzindo os níveis de emissões de poluentes.
O acabamento é um luxo só. Além dos bancos elétricos, volante, alavanca de câmbio e puxadores das portas são revestidos de couro. O ar-condicionado, com ajustes independentes esquerda/direita, tem sensor infravermelho para medir a temperatura da cabine. Para os ouvidos, um sistema da Boston Acoustics com 322 watts, distribuídos por 13 alto-falantes e um subwoofer. Não faltam piloto automático, faróis de xenônio, computador de bordo e sistema auxiliar de estacionamento. Já o dispositivo que mede a pressão dos pneus não pode ser considerado luxo. Além de item de segurança num carro de alta performance, ele é necessário porque o sedã não tem estepe. No lugar, sob o assoalho do porta-malas, a fábrica disponibiliza um pequeno compressor e um tubo de selante de pneus para as emergências.
Com tamanha disposição para acelerar, na hora de parar o SRT8 responde com o mesmo apetite. Estabilizado a 80 km/h, o sedã só precisou de 25,2 metros para frear. O sistema de freio, com discos ventilados nas quatro rodas, foi desenvolvido pela Brembo, a fornecedora dos carros da Ferrari.
Na versão SRT8, o 300C é a manifestação explícita da exuberância, tanto no desempenho como no consumo, no conforto ou na segurança. Não seria no preço, portanto, que esse sedã mostraria um caráter mais comedido. Ele custa R$244 900 , enquanto seu irmão mais bem-comportado, o 5.7 V8, sai por R$185 000 reais.

0 comentários

Related Posts with Thumbnails

Espalhe

:::: Lazer ::::

Referêcias