Memória de Minhas Putas Tristes - Resenha

2 de jan de 2009 · Postado por Evandro F.
Marcadores:

Gabriel García Márquez

O romance do autor Gabriel García Márquez, descreve com uma riqueza imensa de detalhes, as supostas memórias de um ancião jornalista colombiano que após uma vida bastante promiscua, ao completar 90 anos resolve fazer algo inusitado é então nesta empreitada com a ajuda da cafetina Rosa Cabarcas que ele encontra uma ninfeta virgem denominada Delgadina pelo próprio, e descobre um sentimento que até então era desconhecido para ele, o amor.

O encantamento do velho pela menina, retratado pelo autor é algo muito impressionante, pois o personagem não só adquire uma relação afetiva, mas também um novo sentido para os seus poucos anos restantes de vida, mesmo não tendo a certeza de ser correspondido o ancião se satisfaz apenas em fazer parte de alguma forma da vida daquela ninfeta, sentido algo que apesar de viver quase dois séculos ainda não havia sentido com tanta intensidade.

Apesar de ter um vocabulário um pouco mais rebuscado em alguns momentos, é uma leitura bastante agradável, pois em tempos que possuímos tantas relações descartáveis, serve para nos alertar que um amor puro e verdadeiro é muito mais valioso e gratificante, independente da idade.

Queria ver esta obra retratada nas telas do cinema, da TV, ou até mesmo nos palcos de teatro, talvez não caísse muito no gosto do povão, porém seria bastante válido, imagino até o burburinho que seria gerado na escolha da atriz interprete da ninfeta, e do velho ancião então, acho que Paulo César Pereio seria um dos interpretes ideias.

1 comentário

Atre l Conversa Atrevida disse...

"Queria ver esta obra retratada nas telas do cinema, da TV, ou até mesmo nos palcos de teatro..."

Eu TAMBÉM!

E olha que é só pelo que eu leio outras pessoas escrevendo sobre o livro que EU CONFESSO, ainda não li.

Mas já estou providenciando pra mudar isso.

Abraço

Related Posts with Thumbnails

Espalhe

:::: Lazer ::::

Referêcias